“Eu sou daquelas pessoas inseguras que volta pra ver se fechou a torneira, se a porta está trancada, se o fogão está desligado. Eu sempre fui assim, sempre precisei reafirmar minhas certezas, então não me culpe se eu ficar perguntando se você ainda gosta de mim umas dez vezes ao dia. Aceite-me como sou, que eu te aceito como tu és.”
Caio Augusto Leite. 
“Não se apegar é uma dádiva. Você vê a pessoa indo embora e ainda dá tchauzinho.”
Tati Bernardi. 

mists+renovamos